Metamucil Psyllium Planatago Ovata

Colesterol

Por que as fibras ajudam a controlar o colesterol?

As fibras alimentares são a parte do alimento de origem vegetal que não é digerida no estômago nem absorvida no intestino.

Apesar de não serem digeridas, as fibras desempenham funções importantes no organismo, prevenindo contra doenças e regularizando o funcionamento do corpo.

As principais funções das fibras alimentares são: regular o trânsito intestinal e aliviar a constipação. Entretanto, elas também proporcionam sensação de saciedade e têm capacidade de interferir na absorção de açúcares e gorduras. Por isso, as fibras são uma ferramenta importante para o controle do peso e do colesterol, além dos triglicerídeos.

Por que as fibras ajudam a controlar o colesterol?

Qual a relação entre as fibras e o colesterol?

Pesquisas em medicina preventiva vêm demonstrando que há uma correlação entre o aumento de doenças cardíacas e dietas pobres em fibras. Um dos principais fatores de risco para essas doenças é a elevação das taxas de colesterol no sangue.

Aqui temos mais um benefício das fibras: elas ajudam no controle do colesterol porque carregam as pequenas moléculas de gordura para o bolo fecal, as quais são eliminadas naturalmente pelo corpo. Mas não é qualquer tipo de fibra que faz esse trabalho, somente as fibras solúveis, como a casca do psyllium, produzem efeitos físicos no intestino delgado, alterando a absorção de colesterol no organismo.

Por que as fibras ajudam a controlar o colesterol?

Como agem as fibras solúveis?

As fibras solúveis – também encontradas em frutas, legumes e verduras – se dissolvem na água e formam um gel volumoso no intestino que facilita o trânsito intestinal. Elas permanecem mais tempo no estômago, dando assim maior sensação de saciedade. Essas fibras também se ligam à gordura e ao açúcar que, depois, são eliminados pelas fezes.

Desse modo, as fibras auxiliam no controle dos níveis séricos de colesterol, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares. Não apenas isso, a fermentação das fibras solúveis no intestino grosso gera componentes que podem diminuir a síntese de colesterol no fígado. Para que todo o processo aconteça sem problemas, é preciso beber bastante água durante todo o dia.

Uma boa forma de consumir a quantidade correta de fibras alimentares que ajudem no controle do colesterol é fazer uso de suplementação de fibras solúveis, como o psyllium. O consumo de Metamucil, fonte de fibra que tem o psyllium como principal princípio ativo, combinado com uma dieta baixa em colesterol e em gorduras saturadas, ajuda a reduzir o colesterol e o risco de doenças cardíacas.

Referências:
1IMeN – Instituto de Metabolismo e Nutrição. [http://nutricaoclinica.com.br/]
2SBC – Sociedade Brasileira de Cardiologia – Portal Prevenção [http://prevenção.cardiol.br/].
Como preparar Metamucil: copo e colherLaranjas