Metamucil Psyllium Planatago Ovata

Constipação na gravidez

Como identificar e prevenir a constipação na gravidez

A constipação ou prisão de ventre é um problema digestivo comum e bastante frequente durante a gravidez, causando dor abdominal, inchaço e hemorroidas. Ela pode ainda interferir no trabalho de parto, dificultando a passagem do bebê.

Mas como identificar e prevenir a constipação intestinal durante a gestação?

Como identificar a constipação na gravidez

Normalmente, gestantes se queixam de que a prisão de ventre aumenta conforme o progresso da gestação e isso tende a ocorrer por dois motivos: primeiro, na medida em que a barriga cresce, o útero dilata, comprimindo o intestino e causando obstipação intestinal. Segundo, devido ao aumento do hormônio progesterona, que atua sobre o relaxamento da musculatura intestinal, fazendo com que os movimentos do intestino diminuam.

Esse quadro, em geral, se instala já no primeiro trimestre da gestação, mesmo para aquelas mulheres que não tinham sintomas antes de engravidar. Para as que já sofriam de prisão de ventre antes da gravidez, a tendência é o agravamento do problema, devido às altas concentrações de progesterona. Outro fator que pode piorar o quadro são os suplementos à base de ferro, geralmente prescritos por obstetras no primeiro trimestre.

Como identificar e prevenir a constipação na gravidez

Os médicos, entretanto, têm sido mais cautelosos no diagnóstico da constipação em gestantes e recomendam que não se deve usar remédios laxativos indiscriminadamente. Estudos mostram que uma em cada quatro gestantes sofrem de constipação, mas os sintomas mais comuns, diferentemente da população geral, são esforço, fezes duras e sensação de evacuação incompleta, em vez de diminuição da frequência de evacuação.

Muitas vezes, porém, a constipação intestinal na gravidez pode ser percebida por meio de dores abdominais, cólicas e inchaço. Em casos mais graves, a mulher pode desenvolver hemorroida, que é a inflamação das veias ao redor do ânus ou reto. Nos casos em que for observada a presença de sangue nas fezes, é importante consultar o médico para que a melhor forma de tratamento seja estabelecida.

Como identificar e prevenir a constipação na gravidez

Cuidados que ajudam a prevenir a constipação durante a gravidez

A prisão de ventre não traz nenhum dano à saúde do bebê, mas pode ser um grande incômodo para a gestante, a qual deve aumentar a ingestão de fibras e evitar alimentos muito condimentados, assim como doces, queijos, brócolis, berinjela e repolho. Esses alimentos fermentam e estufam, dificultando a digestão. Outra indicação é consumir cerca de 2 litros de água diariamente.

Também é recomendável evitar laxantes muito fortes ou seu uso prolongado, pois eles podem causar desidratação e desequilíbrio de minerais, diminuindo a absorção de algumas vitaminas importantes, o que pode afetar o desenvolvimento do bebê. Além do mais, alguns laxantes podem conter elevadas quantidades de açúcar ou sódio na sua fórmula, o que também resulta em aumento no risco de pressão arterial alta, contribuindo para casos de eclampsia, por exemplo.

Referências:
Safioti, RF; et al. (2011). Constipação intestinal e gravidez. Femina, 39(3): 163-68.
Kawaguti, F.S. et al. 2008. Constipação na gravidez. Constipação na gravidez Rev. Bras. Coloproc, 28(1): 46-49.
Como preparar Metamucil: copo e colherLaranjas